Jogo do Currículo

Tuesday, November 05, 2002


já fui terapeuta reichiana
já fui terapeuta naturista
tenho um ramo de hera tatuada nas costas, feita pelo meu filho
já ganhei uma queda de braço dum garoto forte quando era pequena
já capotei de carro
nunca voei de asa delta
já morei no pará, em minas, no espirito santo, em goiás e na bahia.
nunca sai do brasil
já ajudei a criar uma biblioteca comunitária no sul da bahia
já passei com o carro por cima do pé de um cara, de propósito
já tive uma arma apontada pra minha cara
já vi uma arma apontada pra cara do meu filho
já votei muito em zumbi dos palmares
já quebrei o dedinho mindinho
já fui expulsa de várias escolas
só descobri que não voava com uns 12 anos
já namorei filho de inglês, filho de italiano, filho de espanhol e
descendente de africano (vale?)
já dormi muito em rede
sei montar barraca muito bem
já fiquei loura espontaneamente na adolescência (um fenômeno!)
já fiquei debaixo d'água quase 4 minutos
assisti irmão sol, irmã lua e godspell mais de 10 vezes
adoro chorar no cinema
tenho um problema sério com "autoridade"
nunca fui presa
nunca repeti de ano
colava muito bem
participei da segunda montagem de arena conta zumbi
já fiquei 5 horas parada num engarrafamento sem me estressar
nunca mastiguei hóstia
nunca cai de moto com eu mesma dirigindo
quase cai de um cavalo, me segurei no arame farpado
já fiquei me balançando numa janela no sétimo andar
já dancei na boquinha da garrafa em cima do palco numa festa do augusto boal
já andei de trator no meio de um incêndio com um cara meio bêbado
já fui madrinha dos surfistas (há muito tempo...)
tenho dois filhos
já sai do corpo algumas vezes
fiquei detida na estrada de porto seguro junto com o mst durante 7 horas nos
"festejos" dos 500 anos
nunca caí de precipício
já chorei junto com um garoto que tentou me roubar
já me fingi de surda-muda pra não ser assaltada
já vi um homem morrer do coração dentro do cinema
já dirigi 14 horas direto, parando pra colocar gasolina e fazer xixi, éclaro
já levei mordida de um pincher e de um pequinês
já parei de tentar me achar, quem sabe assim eu acho, né?

Carminha


Home